Buscar
  • Comunicação

Informativo de Mercado

Confira agora nosso informativo de mercado referente 10/02/2020.



Grãos

A cotação em Chicago da soja/março encerrou a sessão de sexta (07) a US$ 8,82/bushel (+1), mais uma vez sem grandes variações. Foi o terceiro pregão seguido que os futuros da oleaginosa fecharam na casa dos US$ 8,80-US$ 8,82/bushel. Com a ausência de notícias, o mercado segue a espera das compras de soja norte americana prometida pelos chineses na assinatura da fase um do acordo em janeiro e atento ao surto do coronavírus. Porém o que vemos são mais compras da China no Brasil, com vários navios confirmados para este mês a demanda pela soja brasileira encontra-se aquecida. Os preços do cereal tem sido sustentados pela forte alta do dólar, a CBOT segue de lado, os prêmios tem oscilado bastante ao longo do dia e o frete para o porto tem aumentado. Nesta terça (11) temos o relatório mensal de oferta e demanda dos Departamento de Agricultura dos EUA.



Dólar


O primeiro contrato futuro de dólar na BM&F atingiu seu maior valor nominal no último pregão de sexta (07), com a máxima do dia a R$ 4,328 encerrou a sessão a R$ 4,320. É a quarta sessão seguida que o dólar fecha em alta, na última quarta (05) tivemos o corte da taxa Selic para 4,25% ao ano e o comunicado que esse seria o fim do ciclo de cortes, fato que contribuiu para uma alta volatilidade na quinta (06) em que a moeda abriu em queda e ao longo do dia reverteu as perdas e fechou em alta formando uma figura forte no gráfico que sustentou o movimento de alta visto na sexta (07). O surto do coronavírus segue trazendo cautela ao mercado e no cenário interno o governo tenta avançar na reforma administrativa.


Responsáveis Técnicos

Ian de Deus

Engenheiro Agrônomo


Carlos Paim Motta

Economista


Moinho Iguaçu 2020.

24 visualizações
  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube

Rod. BR 467, s/n, Km 109,3

Jardim Canadá - Cascavel - PR 

© 2020

 Comunicação Moinho Iguaçu.

Contato: (45) 3219-9000