Buscar
  • Comunicação

Grão, Semente e Cereal.

Atualizado: 12 de Jun de 2019

Você sabe a diferença entre esses três itens? Confira agora se você não sabe ou refresque sua memória.

Normalmente tratamos grãos, sementes e cereais como se fossem todos a mesma coisa, porém existem diferenças importantes entre eles, seja na produção, seja nas propriedades nutricionais.


Grão são o resultado de uma colheita, como é o caso do feijão, grão de bico, ervilha e soja. No geral, os grãos são fontes de proteína vegetal e tem grande capacidade de promover saciedade. Também são ricos em nutrientes como cálcio, cromo e magnésio. 


Chamamos de sementes quando ainda estão vivas, capazes de gerar novas plantas e alimentos, como é o caso da chia, linhaça, gergelim, semente de abóbora e de girassol. Tem grande valor nutricional e costumam ser fonte de  ômega 3, 6 e 9, as chamadas “gorduras boas” ou ácido graxos, tornando-as responsáveis por diminuir os níveis de colesterol no sangue.


As sementes são óvulos maduros, já fecundados, que podem dar origem a outra planta. Justamente por isso, elas possuem uma grande reserva nutritiva (em óleo, amido ou proteínas), que se destinaria a alimentar a planta que ela vai gerar.

Os cereais, por sua vez, são plantas cultivadas por seus frutos comestíveis, são um tipo de planta, da família das gramíneas. Como é o caso do trigo, da aveia, do milho e do arroz. Porém, nem toda gramínea é um cereal, como o bambu e a cana-de-açúcar.

Assim, quando falamos em cereal estamos nos referindo à planta toda. O grão é a semente que o cereal produz depois de colhido e a semente é o grão que o cereal produz antes de germinar.


Também é comum classificar estes alimentos em farinhas, farelos e os flocos. Estas classificações não estão relacionadas com o tipo de alimento e sim com a forma como eles são comercializados, ou seja, a forma como a matéria prima foi alterada.

No caso dos farelos, é retirada a casca do alimento. Se, após a retirada da casca o alimento foi moído, temos então a farinha. Quando o alimento é prensado, chamamos de flocos. Vale lembrar que, no geral, tanto grãos, como cereais ou sementes podem ser transformados em farinha, farelo ou flocos.


A distinção entre grãos, sementes e cereais não é importante apenas para fins nutricionais, ela também afeta o armazenamento, a conservação, o prazo de validade, o quanto serão industrialmente modificados e até o custo do produto.

Por isso, para dar um tratamento adequado a cada um deles, é indispensável que tanto o produtor como o consumidor estejam cientes de suas características e necessidades específicas.


#MoinhoIguaçu #DicaMoinho #Sementes #Grão #Cereal #Agroindustrial #Agronegócio

38 visualizações
  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube

Rod. BR 467, s/n, Km 109,3

Jardim Canadá - Cascavel - PR 

© 2020

 Comunicação Moinho Iguaçu.

Contato: (45) 3219-9000